Quebrando paradigmas!

Você já conhece a definição da palavra paradigma? Essa é uma palavra muito forte e bacana que eu queria compartilhar com vocês.

Paradigmas são basicamente idéias fixas que temos no nosso inconsiente, coisas que fizemos porque sempre foram feitas daquela forma, mas nunca nos questionamos do porquê.

Recomendo que você leia a seleção de partes de textos que fiz. São ótimos exemplos e definições de paradigmas que nós vivenciamos no dia-a-dia.

O nascimento de um paradigma (ótimo exemplo)

“Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas. Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros enchiam-no de pancadas. Passado mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas. Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo rapidamente retirado pelos outros, que o surraram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não mais subia a escada. Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado, com entusiasmo, da surra ao novato. Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o fato. Um quarto e, finalmente, o último dos veteranos foi substituído. Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse chegar às bananas. Se fosse possível perguntar a algum deles porque batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: “Não sei, as coisas sempre foram assim por aqui…” Você não deve perder a oportunidade de passar esta história para seus amigos, para que, vez por outra, questionem-se porque estão batendo…”

Fonte: http://waltercruz.com/log/como-nasce-um-paradigma

.

“Paradigmas são simplesmente padrões psicológicos, modelos ou mapas que usamos para navegar na vida. Nossos paradigmas podem ser valiosos e até salvar vidas quando usados adequadamente. Mas podem se tornar perigosos se os tomarmos como verdades absolutas, sem aceitarmos qualquer possibilidade de mudança, e deixarmos que eles filtrem as novas informações e as mudanças que acontecem no correr da vida. Agarrar-se a paradigmas ultrapassados pode nos deixar paralisados enquando o mundo passa por nós.

Os paradigmas existem para serem quebrados, e podem ser classificados, não genericamente, como tabus, preconceitos, atrasos de vida, falta de atualização e treinamento, e algumas vezes levam a erros que são simplesmente explicados assim: “Sempre foi feito assim, então, não vejo porque mudar!”

Fonte: Livro “O Monge e o Executivo”, página 42, de James C. Hunter.

.

“É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito.” Albert Einstein

.

Você conhece algum bom exemplo de paradigma que temos em nossa sociedade? Você é do tipo questionador de paradigmas e gosta disso?

3 repostas para Quebrando paradigmas!

    • Igor Gaelzer Autor do post

      Obrigado Pedro! Quem bom que o post lhe fez pensar em algo que você nunca tinha pensado antes. Tenho certeza que você vai começar a encontrar um monte de paradigmas por aí agora hehe. O legal é que você começa a ver muito mais possibilidades não se limitando mais pelos paradigmas. Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: